Descanse!

As redes sociais digitais surgiram. Foi o início de uma nova era. Vidas expostas, tudo compartilhado, comunidades de discussões, fotos legais, grupo da turma de faculdade, homenagens aos amigos e familiares, reencontro com conhecidos de longe, hora de rever parentes que a gente mal conhecia.


Mas, o crescimento foi tanto, que a sociedade não conseguiu criar o letramento digital necessário para acompanhar bruscas transformações. Tanto que há algum tempo, movimentos políticos, fake news e vidas utópicas vem sendo seriamente discutidas por instituições e profissionais. Órgãos públicos preocupam-se, basta ser que para este ano, existe uma campanha midiática falando sobre a seriedade do pleito eleitoral. As escolas estão ligadas na saúde mental das crianças e adolescentes devido ao uso intenso dos canais digitais. Por sinal, frente a isso, as vidas perfeitas, criadas para uma ‘realidade’ paralela, dão sinais de inexistência.


Não precisamos ser 8 ou 80. Não se trata de não ter redes sociais. Trata-se de ler, entender, filtrar e de levar para a rede a nossa visão de mundo, nossos valores, nossa sinceridade, de forma genuína. Sem ofender, sem julgar.


As redes sociais digitais representam canais poderosos de comunicação e marketing. São gratuitas. Conectam pessoas, promovem o diálogo, instruem. Foram um divisor de águas no mundo comunicacional, pois inclusive trouxeram a possibilidade de muitas pessoas sem voz pleitearem demandas em suas comunidades e em suas vidas.


Mas, eu digo: descanse!! Descanse dos posts com comentários pesados e desrespeitosos; descanse dos posts com sensacionalismo disfarçado de jornalismo; descanse de problemas, aproxime-se de conteúdos com soluções; descanse de vidas irreais, querendo demonstrar riqueza e luxo, diante de um povo sofrido como o nosso, aquele que trabalha duro e que sabe que nada cai do céu; descanse de personalidades que nos enchem de dicas, mas que na prática, pouco tentam fazer; descanse de dar explicações, de bate-bocas, de batalhas.


Publique sua vida, homenageie, debata, relacione-se, dê exemplos, dê dicas, recomende coisas a amigos, compartilhe conhecimento, enfim, seja a contribuição que o mundo digital precisa!

13 visualizações0 comentário